Sobre

Olá! Prazer, sou Karine! Mas também pode ser Nine. ♥ Aliás, tenho um carinho especial por quem me chama assim. Quando chamam “Karine”, penso que a pessoa está com raiva – hihi. Sou nordestina(sim, sinhô!), moro numa terra linda e cheia de cultura chamada Recife – PE (visse?), tenho 24 anos e sou formada em administração (não me pergunte o porquê! kkk).

Não sou nova por aqui. Na verdade, em julho de 2010, estava fazendo o primeiro post do meu blog – assim como este. Hoje, comemoro 9 anos nesse universo incrível e intenso da blogsfera. Mas ué… Este não seria o primeiro? Não. Por ironia do destino, todo o meu trabalho de 9 anos foi perdido – digamos que por uma “falha de sistema” – e cá estamos nós… Recomeçando.

E por falar nisso, recomeço me lembra renascimento… E, há pouco tempo atrás, eu renasci. Como mulher, como esposa e como mãe. A chegada da minha pequena Olívia me fez renascer em vários sentidos e a maternidade me fez enxergar um mundo lindo, cheio de poesias, com muito mais amor em cada detalhe.De fato, a atmosfera do meu mundo mudou – e pra muito melhor!

Comecei a ser blogueira quando ninguém nem sabia o que era, muito menos que existia essa profissão – nem eu, confesso (kkk). Sempre gostei mesmo de escrever, compartilhar coisas legais e, ao mesmo tempo, sempre fui apaixonada por moda e beleza. No início, postava um monte de besteiras desde uma dica/achadinho até o meu lanche da tarde: lembro até hoje de uma selfie (quando esse termo também nem existia) muito cafona mostrando que eu estava comendo cheetos laranja com coca-cola nas minhas férias do segundo ano colegial a (bem jovem! kkkk).

Ah, sim! Eu fazia segundo ano do colégio quando o meu namorado (e atual marido, Waltinho) me indagou “se tu passa o dia lendo blogs, por que não cria um também?”, então foi aí onde tudo começou. Bom, quando hoje me perguntam se ele me apoia nisso, a minha resposta é: ele quem deu a ideia, então não tem o que reclamar (hehehe). Brincadeiras à parte, no começo, era realmente só um hobby. Concluí o ensino no médio e entrei na faculdade. Queria mesmo cursar moda, mas na época o meu maior sonho era ter uma loja de roupas, então comecei por adm. Não foi ruim e nem me arrependo, mas hoje, olhando pra trás, queria mesmo era ter feito algo na área de comunicação, pois foi aqui que eu encontrei o que tenho mais prazer em fazer: comunicar, me relacionar, trocar. Ah, como amo essa troca diária com vocês… De dicas, aprendizados, experiências e energia – das boas!

Mas voltando… Lembra que eu falei que sempre amei tudo que envolve moda e beleza? Pois bem, ainda no colégio cheguei a vender os produtinhos da Mary Kay, marca de cosméticos que até hoje amo. Logo depois, resolvi abrir uma lojinha de roupas meio virtual e meio “home shop”, mas em paralelo a isso o blog já funcionava bem e começou a ficar cada vez mais promissor. Comecei a conhecer outras blogueiras que viraram amigas e foram me apresentando pessoas da área, lojistas, eventos, a galera da moda que fazia a coisa acontecer por aqui… E tudo foi fluindo com muita naturalidade. Então, por volta de 2012, resolvi largar qualquer outra coisa que eu fazia (exceto a facul, claro) para, de fato, ser blogueira.

Nessa época era muito estranho fazer, por exemplo, check-in em hotel e responder “blogueira” quando perguntavam a minha profissão – sempre vinha acompanhado de um “oi?” (kkkk). Sem falar que paguei muuuito mico em chegar no meio da rua ou em qualquer lugar bonitinho que eu estivesse e começar a fazer várias poses (and carões) para as fotos do look do dia e falar “sozinha” pelos corredores dos shoppings numa época em que pouquíssimas pessoas entendiam o que era aquilo e ainda mais: me olhavam realmente sem fazer a mínima ideia do que aquela maluca estava fazendo – kkkkkk.

Talvez por ter enfrentado tudo isso desde o começo e ver a minha então profissão ganhar forçaespaçorespeito com o meu trabalho e de tantas outras meninas que, assim como eu, amam o que fazem e lutam diariamente fazendo um trabalho sério, honesto e intenso (sim, intenso mesmo porque não é nada fácil produzir conteúdos relevantes, manter uma boa frequência de posts, conquistar credibilidade e tantas outras coisas que envolvem) que hoje respondo aquela pergunta do hotel com o coração cheio de orgulho: sim, sou BLOGUEIRA!

(e quando me perguntam o que mais sou além de blogueira, respondo: sou BLOGUEIRA.)

… Por fim, ou melhor, pra começar, seja muito bem-vindo(a) a este cantinho, que é nosso! Aqui neste novo Blog, vou continuar compartilhando coisas legais que vivo e, principalmente, minhas dicas de moda, beleza, maquiagem, viagens e agora, maternidade.